As vendas no e-commerce brasileiro devem aumentar em 26%, de acordo com as expectativas da Ebit Nielsen. A espera é de que o faturamento chegue a R$ 110 milhões.

Os resultados do ano que vem podem ser impulsionados pelo crescente número de consumidores, pela consolidação de e-commerces locais, fortalecimento dos marketplaces e maturidade logística do setor para agilizar a entrega, buscando eficiência operacional.

No quarto trimestre foi realizada uma pesquisa indicando que 95% dos entrevistados pretendem continuar comprando online em 2021. Por outro lado, o desempenho do ano que vem irá fluir de acordo com a retomada gradual da economia, contando com o aumento da taxa básica de juros e a inflação mais alta.

De acordo com o Boletim Focus, do Banco Central, os principais agentes do mercado financeiro aguardam por uma atividade econômica crescente em 3% no próximo ano.

Ainda conforme a pesquisa da Ebit Nielsen, o resultado de 2021 deve vir junto com um incremento de 16% no número de pedidos, subindo para 225 milhões, e uma expansão de 9% no valor médio das vendas, indo para R$ 490.

Informações: Ecommerce Brasil

LEIA MAIS:

Lojas online serão opção da maioria dos brasileiros que buscam ideias de presentes

Vendas no Natal podem sofrer uma queda em relação ao ano passado