Uma pesquisa feita pelo E-commerce Brasil em parceria com a Koncili mostra que 64% dos lojistas do comércio online utilizam a margem de lucros para precificar.

O estudo conversou com 62 empresários da área e eles explicaram seus métodos para organizar as finanças dos negócios, e além de se basear na margem de lucros, 19% dos entrevistados também usa como base os preços dos seus concorrentes e 8% leva em consideração as despesas fixas.

Outra questão que a pesquisa abordou foi sobre os meios de vendas desses lojistas além dos marketplaces, e uma informação bem interessante foi que as vendas através de WhatsApp cresceram bastante, veja no gráfico:

Os donos das lojas virtuais também responderam como fazem seus acompanhamentos a respeito dos repasses de produtos, e 40% deles afirmaram fazer esse trabalho de forma manual, em planilhas e relatórios dos próprios marketplaces.

27% disseram que utilizam uma organização própria e 16% usam softwares de conciliação. E a maioria conta com poucas pessoas nessas tarefas, sendo que 51% tem apenas uma pessoa responsável na equipe para cuidar dessa parte, 29% não tem ninguém, 12% conta com até 3 pessoas, 3% até 5 profissionais e 3% mais de 5.

E na sua loja, como funciona toda essa gestão da parte financeira, e como você faz na hora de precificar seus produtos? Conta pra gente!

Informações: Ecommerce Brasil

LEIA MAIS:

Expectativa de maior auge do e-commerce na Black Friday

E-commerce brasileiro passa dos R$40 bilhões de faturamento