O dia das crianças já está bem próximo e a expectativa é de que seja mais uma boa data para o e-commerce. Em 2019 o faturamento chegou a R$3 bilhões, de acordo com a pesquisa realizada pela Social Miner em parceria com a Opinion Box.

A pesquisa também mostrou que 62% das pessoas pretendem comemorar a data e 40% delas pretendem comprar presentes. Portanto, é o momento de focar nesse público! Outros dados apontaram quem serão os maiores privilegiados na hora de ganhar os presentes: 48% serão sobrinhos, 42% filhos e 7% pretende se auto presentear! Isso mesmo, engraçado né? Uma ótima oportunidade para apostar em promoções de produtos para adultos!

58% das pessoas que irão comprar presentes já começaram a pesquisar os produtos em oferta, ou seja, se você já começou com as divulgações, está no caminho certo, e se ainda não começou, corra que dá tempo!

E as categorias mais procuradas? Brinquedos com 77%, jogos com 35%, moda e acessórios, 29% e eletrônicos 25%. E os gastos, qual será a média? 51% tem a intenção de gastar entre R$50 a R$200. E na forma de pagamento está predominando o cartão de crédito, com 62%. 40% quer usar o cartão de débito e 38% pagar com dinheiro.

E a notícia os números que mais interessam aos lojistas virtuais: 42% dos consumidores vão escolher as compras online e receber em casa e 22% vão optar pela experiência omnichannel, transitando entre a loja física e a loja online antes de comprar.

E a galera que não manifestou a intenção de comprar presente, quais são as razões? 42% por necessidade em economizar, mas dentro dessa estatística 62% disse estar disposta a mudar de ideia se encontrar bons preços, 32% se o frete valer a pena e 30% se o prazo estiver de acordo.

Então se atente a todos esses dados para montar a estratégia da sua loja, todos os detalhes são importantes nesse momento. Foco em atender às necessidades dos clientes, isso pode trazer bons resultados nesse dia das crianças!

Informações: Ecommerce Brasil

LEIA MAIS:

Expectativa de maior auge do e-commerce na Black Friday

E-commerce brasileiro passa dos R$40 bilhões de faturamento