A agência Conversion apurou por meio de um estudo, que o mês de agosto sofreu uma pequena queda de acessos no e-commerce brasileiro em relação ao mês de julho, que havia sido o terceiro melhor mês da história do e-commerce.

Agosto teve 1,27 bilhão de acessos aos maiores e-commerces do país, cerca de 1,8% a menos que julho, e ainda assim, continua sendo um dos melhores meses, ficando praticamente empatado com dezembro do último ano.

A tendência é de que o segundo semestre de 2020 registre bons recordes, porque inclui grandes datas como Black Friday e Natal. Com a pandemia os números do comércio virtual dispararam e continuam em alta. Nos últimos 12 meses, o total de acessos a e-commerce no Brasil foram de 15,8 bilhões.

Os setores que mais cresceram nesses últimos meses foram de Casa e Móveis, o que tem ligação com o fator do home office, além dos setores de Comidas e Bebidas e Pets, que também podem ser explicados pela pandemia, em que as pessoas deixam de sair para comer fora e também passam mais tempo com seus animais de estimação, por isso passam a cuidar mais.

Vamos continuar de olho nas pesquisar para ver como será pra daqui pra frente, com as rotinas voltando ao normal gradualmente!

Informações: Conversion

LEIA MAIS:

Mais de 30% dos brasileiros já compram pelo WhatsApp

Pesquisa aponta perspectivas para o e-commerce no 2º semestre